Mercado de semijoias pós pandemia – Quais os principais desafios e perspectivas?

Muitas especulações existem sobre como será o comportamento dos consumidores, e com o mercado de semijoias pós pandemia, não é diferente. 

Por ser um bem não essencial, como comidas e contas básicas de água e luz, o setor de varejo, de maneira geral, sofreu as consequências da redução de renda da população brasileira. 

No entanto, as expectativas de melhora e recuperação econômica, mesmo que de maneira lenta, possuem reflexos positivos no mercado de semijoias pós pandemia

E, para que você entenda como melhor aproveitar as perspectivas e se destacar no setor de joias, a Franco Galvânica preparou algumas dicas. 

 

Quais as perspectivas para o mercado de semijoias pós pandemia? 

 

Segundo o diretor de conteúdo da revista Vogue Itália, Emanuele Farneti, existem boas perspectivas para o setor de varejo após o fim do isolamento social. Para ele, todas as pequenas compras serão motivo para a celebração e irão promover o bem estar. 

Com o mesmo otimismo, o presidente do Sindijoias, sindicato que regulamenta o mercado joias no estado de Minas Gerais, por exemplo, também acredita na recuperação econômica gradual e a melhora do setor, assim como já ocorreu no Brasil em outras épocas.  

Por isso,  como o olhar promissor de especialistas, muitos empreendedores devem começar ainda durante a pandemia, buscar diferentes maneiras de estruturar melhor o seu negócio de semijoias, para que assim, consigam alavancar as vendas com maior facilidade. 

 

Como se preparar para o mercado de semijoias pós pandemia? 

As perspectivas são boas a longo prazo e quem mais irá aproveitar desses momentos serão as pessoas que estão se preparando desde já. 

Por isso, a Franco Galvânica separou quais são as melhores táticas para fortalecer o seu empreendimento para o mercado de joias pós pandemia

Crie redes sociais 

As redes sociais como Instagram, Facebook e até mesmo o Whatsapp são ótimas ferramentas para tornar as joias mais atrativas para os clientes. 

Afinal, dessa maneira os clientes poderão ver quais são os produtos, aumentando assim a vontade de comprar. 

Além disso, mantenha um bom cronograma de postagens com publicações todas as semanas. Também publique dicas para os clientes, mostrando assim que não é um canal apenas para vendas, mas também para ajudá-los a combinar joias e roupas, por exemplo.

Fortaleça o vínculo com os clientes 

Mesmo estando em Home Office, é necessário fortalecer o vínculo com os clientes. Isso pode ser feito através de descontos e promoções especiais. 

Além disso, também entenda quais as características de produtos que cada cliente mais gosta. Inclusive, é possível fazer um banco de dados em uma planilha de excel ou bloco de notas. Com isso, quando chegarem joias com o perfil deles, você poderá mandar fotos. 

Estruture o pós venda 

Mais importante do que a primeira venda, é manter um cliente fidelizado. Afinal, assim as vendas serão constantes. 

Por isso, sempre procure os clientes periodicamente para saber se precisam de dicas para guardar a joia, limpar ou manter o brilho. 

Dessa maneira, você criará um contato constante e o cliente verá o quanto o atendimento é atencioso mesmo depois da efetivação da primeira compra pelos consumidores. 

 

Agora que você já sabe como pode se preparar para a recuperação econômica e conseguir se destacar no mercado de semijoias pós pandemia, a Franco Galvânica quer saber: como você espera que seja o mercado quando acabar o isolamento social?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *