Conheça 6 formas de usar a internet para vender semijoias

Para vender semijoias, é necessário fazer alguns investimentos  e isso é indiscutível. Muitas vezes, quase 100% do capital investido vai para os produtos, não sobrando, portanto, muitos recursos para a divulgação da marca. Há vários meios de publicidade, contudo, os custos podem ser muito altos e ainda não garantir retorno financeiro.

Por isso, uma revendedora de semijoias precisa saber que é possível vender as suas peças em canais como a internet. Caso você ainda não conheça as várias formas de usar essa plataforma, pode acabar perdendo uma grande oportunidade de melhorar os seus resultados.

Quer conhecer 5 maneiras de usar a internet para vender os seus produtos? Então, continue conosco e acompanhe o post!

1. Participar de grupos no Facebook

Dentro dessa rede social, existem tanto os grupos fechados — nos quais os usuários precisam de uma autorização para participar — quanto os abertos, permitindo que qualquer pessoa possa entrar. É também possível criar o seu próprio grupo, fazendo o convite para as suas clientes.

Os grupos foram criados para promover, debater, trocar, organizar, vender, entre outras finalidades. No entanto, o que importa mesmo é encontrar aqueles que tenham relação com o seu negócio, pois, assim, você vai divulgar as suas semijoias para quem tem interesse em produtos como o seu.

Entre os principais benefícios dos grupos de Facebook, podemos listar:

  • engajamento e interação com o público;
  • alcance de pessoas já interessadas nas novidades do seu produto;
  • grande exposição da sua marca;
  • rapidez de resultados.

Além disso, todos sabem que o Facebook é a maior rede social do mundo até então. Nele, milhões de brasileiros se conectam diariamente, e é exatamente por isso que a ferramenta deve ser usada como um meio de divulgar e vender as suas peças online.

2. Divulgar no Instagram

O Instagram é outra rede social com um imenso alcance pelo mundo, contando, atualmente, com 1 bilhão de usuários ativos por mês — sendo o Brasil o segundo país com o maior número de acessos. Na rede, a divulgação é feita de modo visual, com fotos ou vídeos. Devido a isso, muitas marcas de acessórios e moda têm dado preferência para essa plataforma

Para um engajamento melhor dos seus seguidores no Instagram, é importante sempre manter a página atualizada com conteúdos visuais relevantes. Produza, por exemplo, fotos e vídeos criativos com as suas peças e procure, ainda, atingir diretamente o seu público-alvo, inserindo algumas hashtags em seus posts  como #semijoias.

Há muitas vantagens de usar o Instagram em sua divulgação, como grande alcance, zero custo, exposição visual das suas semijoias e da marca, uso exclusivo pelo celular e possibilidade de atingir exatamente um público segmentado a partir das hashtags.

3. Apostar no e-mail marketing 

O e-mail surgiu como uma forma de correspondência online, sendo que, nele, todos contam com um endereço virtual. Ao olhar essa oportunidade, as organizações passaram a usar o e-mail marketing para alcançar os seus clientes com custos praticamente nulos e sem limites geográficos.

Para fazer um bom uso do e-mail, é fundamental construir uma lista com suas clientes ou pessoas que estão interessadas em suas semijoias. Dessa forma, você mantém um relacionamento com o consumidor por meio de campanhas com lançamentos das peças, conteúdos relevantes, dicas de uso, entre várias outras possibilidades de divulgação do seu negócio.

Um ponto importante e que deve ser considerado é se as clientes ou possíveis clientes deram a permissão para o envio dos e-mails. Com a aprovação dessas pessoas, as vantagens da ferramenta podem ser inúmeras, como:

Powered by Rock Convert
  • resultados quase instantâneos em uma campanha bem produzida;
  • comunicação personalizada;
  • eliminação de custos de postagem e de impressão;
  • agilidade para o envio das campanhas.

4. Criar conteúdo mostrando os diferenciais dos produtos

Para usar a Internet como uma ferramenta de divulgação, crescimento e sustentação do seu empreendimento, é preciso produzir conteúdos. Eles têm como função gerar e atrair relacionamento, além de fidelizar o seu público.

O que importa no conteúdo não é exatamente sobre o que você está falando, mas, sim, a forma como você fala. Isso quer dizer que ele precisa ter a cara da sua marca e ser autêntico.

Sair criando conteúdos aleatórios não é o suficiente. É imprescindível que você siga algumas regras antes de produzi-los. Para começar, eles devem atender a um objetivo específico, estar alinhados com a marca e gerar sustentabilidade para a sua loja. Lembre-se de que esses materiais devem ter autenticidade, constância e seguir uma estratégia de criação e de divulgação.

5. Utilizar o WhatsApp

O WhatsApp é uma plataforma mobile que conseguiu revolucionar com os seus incríveis recursos — como compartilhamento de vídeos, mensagens instantâneas e áudio pelo celular.

Esse aplicativo, hoje em dia, é a ferramenta de mensagens preferida da maioria das pessoas no Brasil. Por isso, assim que você conseguir o contato de um cliente, é possível usar o WhatsApp para sanar dúvidas, criar promoções, vender e divulgar os produtos.

Para o mercado da beleza, como é o caso da venda de semijoias, esse aplicativo é uma ótima ferramenta para aumentar as suas vendas, seja a partir da criação de grupos, seja com mensagens personalizadas, por exemplo.

As grandes vantagens do WhatsApp incluem relação mais pessoal com os clientes, grande agilidade para enviar fotos, mensagens, vídeos e áudio, divulgação e vendas personalizadas, maior taxa de engajamento, entre outras. 

6. Separar um orçamento para fazer anúncios

Além das formas gratuitas de divulgar as peças, há também os anúncios pagos no Google e nas redes sociais que geram ótimos resultados.

No caso do Google, há o Adwords — serviço para anúncios pagos a partir do sistema de buscas. Nas redes sociais, fazer esse investimento permite que suas publicações alcancem mais pessoas do que normalmente aconteceria.

Lembre-se de que caso o seu propósito seja divulgar nas redes sociais, você deve ir além das publicações orgânicas e apostar nos anúncios em plataformas como Instagram e Facebook.

Um detalhe relevante dessas plataformas é a possibilidade de exibir a sua campanha para segmentos muito específicos de público. Um exemplo: uma revendedora de São Paulo (SP) consegue direcionar as suas publicidades para mulheres que moram na cidade e que têm entre 25 e 50 anos. É possível, portanto, planejar a sua rota e atingir as clientes certas para o seu empreendimento.

Todas essas dicas correspondem a excelentes estratégias de marketing digital e precisam estar na sua lista de investimentos para garantir o sucesso do seu comércio online. Agora que você já sabe como vender semijoias na internet, o seu trabalho vai render mais e ser muito mais prático. 

Gostou de conhecer as melhores formas de vender semijoias pela Internet? Então, continue em nosso blog e leia também o artigo “Saiba como revender semijoias no WhatsApp e aumente suas vendas!” para ter lucros ainda maiores! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *