Você sabe como funciona o banho em semijoias?

Você já ouviu falar sobre banho em semijoias e sabe como funciona? Bom, antes de compreender exatamente o seu significado e funcionamento, é importante que você saiba que trata-se de um procedimento de fabricação que tem como objetivo conferir à semijoia uma aparência de joia autêntica.

Provavelmente você conhece o preço mais acessível e qualidade dessas peças, mas pode ser que não saiba que o principal segredo são os banhos delas. Ao contrário das joias puras, compostas por metais nobres, as semijoias contam com algumas camadas deles.

Então, descubra a seguir, mais detalhes sobre o banho de semijoias e seu procedimento. Além disso, conheça quais os tipos de banho que existem. Boa leitura!

O que é o banho de semijoias?

O processo de banho de semijoias refere-se ao revestimento de uma peça que contém uma liga base não nobre com um metal nobre, como o ouro, por exemplo.

Achou difícil? Então vamos do começo. Comprar semijoias sem banho, ou seja, peças brutas, é uma estratégia muito adotada por várias empresas e revendedoras que buscam, principalmente, duas coisas: uma qualidade própria para as suas marcas e melhores preços.

Porém, é preciso ter cuidado! Não existe nenhum consenso ou algo que possa comprovar qual forma de compra é mais benéfica, até porque existem milhares de fornecedores de semijoias brutas e banhadas em todo o Brasil.

Como funciona o banho de semijoias?

São sobreposições, realizadas em etapas, que vão garantir várias vantagens ao acessório (proteção, cor e durabilidade) a partir do uso de metais e de produtos químicos que, ao final, vão resultar em uma peça de qualidade.

O procedimento é conhecido como galvanização. São usadas técnicas que se valem de reações químicas e de correntes elétricas para que as camadas sejam aderidas umas às outras, proporcionando uniformidade.

Quais os tipos de banhos que existem?

As semijoias são peças que, como já mencionamos, passam pelo processo de galvanoplastia, ou seja, pelo recobrimento da peça com camadas de um metal nobre, como ouro, prata ou ródio, garantindo a durabilidade do acessório.

É fundamental falarmos sobre uma dúvida que tem aparecido no momento das compras: qual é a diferença entre semijoias folheadas e banhadas? A resposta é: nenhuma. Hoje em dia, o processo significa banhar uma peça em tanques sobrepondo camadas de ouro.

A quantidade de camadas de metal que cada peça vai receber tende a variar, o que determina o seu brilho, resistência e, claro, o preço. Acima de três milésimos, por exemplo, já é considerada uma peça de qualidade. Veja agora os tipos de banho:

O banho de ouro

Ouro é um dos materiais mais utilizados na fabricação de joias por ser muito maleável. Ele oferece à peça a resistência às substâncias corrosivas e à oxidação, proporcionando também a durabilidade e o brilho.

O ouro geralmente é associado a metais como o zinco, paládio e prata, com um número que é classificado em quilates.

Uma peça pode ser considerada de ouro quando apresenta uma composição acima de 14 quilates. A quantidade ideal para aqueles que desejam uma peça de ouro puro, por exemplo, é de 18 quilates, o que significa 75% de ouro. As cores podem variar de ouro branco, amarelo, rosa ou vermelho.

O banho de prata

Os banhos de prata proporcionam às peças muita durabilidade e muito brilho e, para não oxidarem, recebem uma camada de verniz.

Muitos fabricantes decidem aplicar nas peças as ligas de prata, uma vez que a prata pura é maleável. Uma delas é a prata 950, que conta com 95 gramas de prata, sendo que o restante é constituído de outro metal.

Powered by Rock Convert

Há ainda a prata 800, com 80 gramas de prata e 20 gramas de outro metal (normalmente usada em materiais como talheres e taças) e a prata 925, com 92,5 gramas de prata e 7,5 gramas de outro metal.

O banho de ródio

O ródio trata-se de um metal da família platina aplicado como acabamento em semijoias de ouro branco e prata ou como banho completo, por preservar o aspecto brilhante, além de ser extremamente resistente à corrosão, manchas e arranhões

Como banho completo, é possível decidir por semijoias de ródio negro ou ródio branco. Esse último é o que traz à semijoia um aspecto de cinza claro. Já o banho de ródio negro é o que traz uma coloração grafite e mais escura à peça. Para conseguir esse tom, o corante negro brilhante é aplicado ao ródio para que a semijoia receba o banho.

O banho de grafite 

O banho de grafite tem como objetivo oferecer à peça um tom mais escuro. Muitos preferem o chamar de banho de ônix, pois a referência é a coloração da pedra ônix.

Após esse banho, é indicado pincelar uma camada fina de verniz a fim de garantir mais durabilidade ao acabamento. Esse é um tipo de banho que serve para qualificar o acabamento de uma peça e também para recuperar aquelas que já estão deterioradas. 

Uma dica importante é: após escolher o banho ideal da peça, é preciso tomar os cuidados necessários para conservar o acessório.

Quais as vantagens do banho de semijoias?

As vantagens de um banho de semijoias são inúmeras, confira as principais.

Brilho, polimento e acabamentos

A semijoia recebe um banho de cobre alcalino, responsável por dar um aspecto bem próximo das joias verdadeiras. Em outras palavras, é o cobre que vai garantir a elegância das peças.

Logo após o cobre alcalino, é a vez do cobre ácido, que vai garantir um acabamento impecável para a semijoia. Sabe quando você prova um anel ou um colar e parece que foram feitos para você? É exatamente esse banho com cobre que faz com que a peça vista como uma luva.

Durabilidade e qualidade das etapas de banho

Visando garantir uma peça com durabilidade e qualidade muito superiores às bijuterias e bastante próxima ao que temos nas joias de metais preciosos, é preciso que ela ainda passe por outro banho.

Após receber o cobre, a peça passa por um processo de banho antialérgico em estanho e paládio, esse é responsável por evitar a migração e oxidação interna dessa camada de cobre. Logo após, é chegada a vez de um banho com ouro puro, que vai garantir que a semijoia não sofra oxidação ao longo do tempo, podendo perder o seu brilho, acabamento e cor.

Em seguida, a peça vai poder receber os banhos finais de metais preciosos que vão garantir que as semijoias fiquem muito semelhantes às joias e impecáveis.

Conservação e proteção da cor

Para garantir aquela cor e durabilidade de joia para sempre, a semijoia recebe uma camada de ouro 22K. Porém, isso não é tudo. Ainda é aplicada uma camada orgânica transparente que visa assegurar mais proteção para o último banho que a peça acabou de receber.

As semijoias recebem todas essas etapas de banho para garantir que elas não vão perder a cor com o passar do tempo. Assim, podem durar muitos e muitos anos, dependendo do cuidado ao manuseá-las.

Por fim, é fundamental pontuar a importância de fazer o banho em semijoias corretamente, para que isso agregue valor ao produto. Dessa forma, é imprescindível que se busque uma empresa qualificada e experiente nesse tipo de serviço.

E aí, o que achou do banho em semijoias? Gostou e ficou interessado? Que tal entrar em contato conosco para conferir os nossos serviços? Estamos aqui para tirar qualquer dúvida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *